Aprendendo com a derrota, PT pode apoiar nome de aliado na capital baiana em 2020

Foto: Arquivo / Politica Livre
O presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, disse há pouco a este Política Livre que, a despeito da grande votação que deu ao ex-candidato à Presidência Fernando Haddad no Estado, inclusive em Salvador, neste segundo turno, o partido não deve rever sua estratégia para a disputa da sucessão municipal na capital baiana em 2020 para a qual já se avaliava a possibilidade de apoio a um candidato de uma sigla aliada, a exemplo do que aconteceu no pleito de 2016, quando os petistas apoiaram a candidatura da deputada federal comunista Alice Portugal à Prefeitura.

“Óbvio que queremos ter um prefeito ou uma prefeita do PT, mas é só uma vontade, não é uma determinação”, afirmou Everaldo.