Incrível: Filho do deputado que tatuou nome de Temer ganha emprego de R$ 10 mil no governo

Deputado Wladimir Costa é um dos maiores defensores de Temer (Foto: Divulgação)
Filho do deputado federal Wladimir Costa (SD-PA), Yorann Costa foi nomeado, aos 22 anos, delegado federal da Secretaria de Desenvolvimento Agrário no Pará. O parlamentar ganhou notoriedade nacional no ano passado por ser um dos maiores defensores do presidente Michel Temer durante o processo de votação da primeira denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra ele. Primeiro, ele disse que a oposição sofria de “Temerofobia”. Logo depois, não satisfeito, fez uma tatuagem – de mentira – com o nome do presidente no ombro. Estudante de Direito e Gestão Pública, Yorann vai ganhar, segundo a coluna Expresso, da revista Época, um salário de R$ 10 mil. Nas redes sociais, ele agradeceu à “determinação de Jesus Cristo” por sua nomeação. A secretaria é cota do Solidariedade, partido comandado pelo deputado federal Paulinho da Força (SP).

Informações BN