Giro da Polícia: Homem esfaqueia esfaqueia cobra e é multado; Posto de saúde é assaltado


Homem esfaqueia sucuri por comer galinha; homem foi autuado por crime ambienta
Um homem esfaqueou uma cobra sucuri com mais de 11 kg após comer uma galinha de sua propriedade. A cobra foi socorrida e levada ao Zoológico de Bauru, no interior de São Paulo. O caso aconteceu na última quinta-feira (18). A cobra tem quase três metros de cumprimento e estava com diversos cortes. Segundo o zoológico, o homem se irritou e esfaqueou o animal por ver que uma galinha sua havia sido comida pela sucuri. Os veterinários limparam os ferimentos e fizeram cerca de 60 suturas nos cortes. Segundo o capitão Nílson César Pereira, comandante da Polícia Ambiental na região de Bauru, o homem foi autuado por crime ambiental e multado de forma administrativa em R$ 3 mil. Se o animal morrer, o valor da multa pode ser dobrado. No Facebook, o zoológico afirmou que "não podemos nunca esquecer que o animal estava em seu habitat natural e não tem como diferenciar um frango, uma ave doméstica, de suas presas naturais".

Feira de Santana: Posto de saúde é assaltado duas vezes em menos de 48 horas
O primeiro caso ocorreu na última segunda-feira (15) e o segundo na quinta (18). Nos dois casos, assaltantes armados com revólveres imobilizaram os pacientes no posto e levaram relógios e celulares. A situação está assustando os funcionários da unidade, de acordo com o site Acorda Cidade. 

Simões Filho: Médico encontra maconha na vagina de jovem que sentia dores na região

Uma jovem de 27 anos procurou atendimento no Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF) nesta quinta-feira (18) alegando fortes dores e mau cheiro dentro da vagina. O médico que cuidou do caso constatou que uma grande quantidade de maconha dentro do órgão da mulher foi responsável pelo quadro.  De acordo com o site Simões Filho Online, a droga foi retirada do corpo da jovem por meio de um procedimento cirúrgico que durou algumas horas.

Muritiba: Ex-prefeito Roque Isquem é preso novamente pela Operação Adsumus
O ex-prefeito de Muritiba Roque Isquem (PDT) foi preso novamente nesta quinta-feira (19) pela Operação Adsumus. O político é investigado pela participação em um esquema de desvio de verbas públicas em Santo Amaro e em outras cidades do Recôncavo. 
Entre os quais, o ex-prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado (PT) e Manoel de Andrade Barreto, empresário do ramo do axé. Depois de três dias detido, Isquem os outros dois investigados tiveram a prisão provisória revogada pelo Tribunal de Justiça