quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Árbitro Assistente pega gancho por omissão

Foto: Getty Images
Seguindo normatização para os trabalhos da arbitragem no ano 2018, a Comissão de Arbitragem tomou a decisão de afastar o assistente Arivaldo Laudelino conhecido como Cheba, por omissão na partida realizada domingo, 21/01, entre Fluminense x Santos pelo Campeonato de Tanque Novo.

Confira a decisão:

Resolução nº 02/18

A comissão de arbitragem tem buscado neste ano de 2018, dá uma nova dinâmica ao trabalho dos seus afiliados, ensejando qualificar, da melhor maneira possível, o trabalho de cada um.                             
Com o objetivo de coibir omissões e atos que não correspondam ao orientado e esperado dos árbitros, e diante dos fatos ocorridos no jogo entre Fluminense da Sede x Santos da Ladeira, no campeonato de Tanque Novo, no domingo, dia, 21/01/2018, em que o assistente número 1, senhor, Arivaldo Laudelino de Oliveira, após uma agressão mútua entre os atletas Negão Serrote (Fluminense) e Lucas Paixão (Santos) não avisou ao árbitro central, senhor, Valdir Sousa, e com isso causando confusão pelo fato de o árbitro reserva, senhor, Gilberto de O. Mota ter  assumido a responsabilidade de avisar ao árbitro central da agressão, caracterizando omissão do assistente, a comissão de arbitragem;

Resolve:

Suspender o assistente, senhor, Arivaldo Laudelino de Oliveira por trinta dias, para que o mesmo possa fazer uma reavaliação do seu trabalho e voltar com a qualidade que ele sempre teve.

Conceição do Coité, 24 de janeiro de 2018.

Lucas Pinto
Diretor de Arbitragem.