Intermunicipal: Só o futebol explica a impiedosa goleada de Eunápolis sobre Euclides no primeiro jogo da final

Vantagem especial (Imagem Reprodução TVE Bahia)
Eunápolis foi impiedoso com Euclides da Cunha na primeira partida da final no Intermunicipal 2017, na partida de domingo 26/11 em Eunápolis foi a verdadeira partida de um seleção só, Euclides sentiu muita falta de Elvis e Malhadinha principalmente.

Os donos da casa marcou logo aos 4min, em jogada pela direita Luquinhas só escorou a bola quase dentro. 
Fotos: Geovan Santos / Ligeirinho no Esporte
O time do coiteense Willam ampliou aos 16min, o lateral esquerdo Felipe fez boa jogada tabelando com Luquinhas e bateu na entra da área, um golaço, 2 a 0.

Antes  do intervalo os donos da casa ampliaram com o centroavante Rafael, recebeu lançamento de Lei tirou o zagueiro e bateu no alto, 3 a 0.
Rafael tem 10 gols no Intermunicipal  (Imagem Reprodução TVE Bahia)
No segundo tempo Eunápolis volta com a mesma fome de gol, e logo aos 7min, Rafael escorou de cabeça com estilo o laçamento de Alex.

O décimo gol de Rafael no Intermunicipal embalou de vez a torcida que gritava: É campeão.

Mais como Euclides estava perdida, Eunápolis fez mais um, Luquinhas recebeu na frente tirou o goleiro no drible e concluiu.

Gol de Felipe (Imagem Reprodução TVE Bahia)
Para conquistar o título inédito, Eunápolis pode até perder por quatro gols de diferença no jogo de volta, no dia 10 de dezembro, em Euclides da Cunha. Aos euclidenses resta um triunfo por cinco gols de diferença, para levar a decisão para os pênaltis, ou por seis gols de diferença para conquistar a taça no tempo regulamentar.

O coiteense Ninho Malhador tem atuado de lateral esquerdo ( Fotos: Geovan Santos / Ligeirinho no Esporte)